Antes de começar a empreitada  do faça você mesmo é muito importante saber se realmente vale a pena reformar um móvel. Porque é muito  frustrante  passar horas se dedicando a transformação de uma peça e depois descobrir que não era bem isso que estava esperando!Isso pode lhe custar tempo, energia e dinheiro..

Se você já passou por uma situação assim, ou não quer nem pensar nisso, vou te ajudar a encarar essa empreitada com 7 dicas importantes antes de começar.

 Dica nr. 1 – Estado do móvel

Em que condições ele se encontra?

Vamos combinar que um móvel todo danificado e com uma vida útil pequena, nem sempre vai valer a pena o investimento de tempo e esforço para fazer uma transformação. Então vamos ver o que você deve observar para decidir se vale a pena continuar nesta empreitada :

Móvel com cupim: É um problema sério, pois se não for devidamente tratado, existe um risco de contaminar os outros móveis da casa e o prejuízo se tornar bem grande. Nesses casos é melhor contratar uma empresa especializada em descupinização e antes de qualquer coisa, fazer o tratamento na madeira.

Fonte imagem: Chris Dunaway

Móvel todo desestruturado: O que significa isso? Imagine aquele móvel feito de madeira aglomerado, que foi desmontado e transportado de um lado para o outro varias vezes. E quando você olha para ele percebe que o coitadinho esta todo desmantelado. Vale mesmo a pena recuperá-lo? avalie se é possível com pequenos ajustes de ferragens e com algum reforço deixá-lo pronto para uso.

Fonte imagem: Customizando.net

Superfície muito irregular: Na imagem abaixo o tampo desta cômoda e as frentes da gavetas estão bastante danificadas, mas a estrutura esta em bom estado e parece uma madeira de qualidade. O trabalho de reforma é bem maior que em outros casos, pois será necessário encomendar com um marceneiro um tampo novo e frentes de gavetas. Neste caso é bom avaliar se o custo da reforma vai compensar ou não.

Fonte da Imagem: desconhecido

Dica nr. 2 – Porque razão quero reforma-lo?

Pensar no motivo de restaurar o móvel, pode ser um grande motivador para se aventurar no faça você mesmo.  Imagine que acabou de herdar aquela cômoda antiga que era da sua avó, ou não está disposto a se desfazer daquela cadeira que custou caro, e já nem combina mais com seu novo estilo?

Na primeira situação existe um valor sentimental porque a cômoda sempre vai lhe trazer a memória afetiva da família, resgatando doces lembranças da sua história.

A segunda situação também é de grande importância, pois reciclar e reaproveitar uma peça lhe dando uma cara nova, vão lhe trazer satisfação, economia no bolso e uma boa sensação de que está contribuindo para diminuir o desperdício do planeta!

Dica nr. 3 – Funcionalidade

Ele vai servir para que?

Imagine que está peça reformada por você poderá ter várias finalidades e até uma função diferente para o ambiente que escolher colocá-la: Então vamos usar como  exemplo a cômoda que herdou da sua vó e ver quantas funções ela pode ter depois de  repaginado: Uau que máximo!

Armário de apoio para Cozinha: Veja que na imagem abaixo, a comoda virou um armário de apoio na cozinha, com espaço até para colocar bebidas!

Fonte da imagem: The cottage Market

Peça de destaque na Sala. Como um buffet  além de muito bonito a bandeja para bebidas já pode virar um bar!

Fonte da imagem: Casa Claudia

No quarto o criado foi substituído pela comoda, ganhando destaque no ambiente e com muita utilidade!

Fonte imagem: Babi Teixeira Arquitetura de Interiores

Comoda no Banheiro? Vejam que interessante! Ideia super original  para substituir um gabinete com um toque diferente na decoração e fica perfeito para se colocar em um lavabo!

Fonte da imagem: Pinterest

Dica nr. 4 Avaliando as medidas;

Será que ele cabe no espaço?

Escolheu qual será a função desta cômoda, seja na cozinha, quarto ou sala, ou banheiro, agora para tudo, pegue sua trena e comece a medir o espaço onde ela ficará. Uma dica legal é marcar com fita crepe no piso o tamanho que ela vai ocupar no ambiente assim, você consegue perceber se a circulação em volta não esta comprometida.

Dica nr. 5 – Utilidade;

Será que vai acomodar bem as minhas coisas? 

Eu acho importante pensar nisso, porque todos precisamos de um lugar para acomodar nossos pertences, e uma cômoda é um móvel perfeito para dar apoio aos outros armários.

Na cozinha as gavetas acomodam toalhas de mesa, guardanapos, também utensílios de plásticos, formas e travessas, etc…

No Quarto  onde é de costume utilizar este móvel, sempre acomodará muito bem roupas de dobrar como: toalhas de banho/lençóis, pijamas, moletons e blusas de lã;

Na Sala também pode ter muitas funcionalidades para guardar, toalhas de mesa, guardanapos, cds, livros, e até acessórios para bebidas;

No banheiro, se couber direitinho vai ser muito útil para guardar, toalhas, e acessórios de banheiro;

Dica nr. 6 – Combinando com a Decoração

Como posso combinar este móvel com minha decoração?

Esta resposta talvez seja a mais difícil de todas. Afinal não é todo mundo que nasceu com o dom de decorar, compor cores e estilos e nesta hora que você vai precisar destas dicas preciosas: vamos ver?

Cada ambiente vai te permitir um tipo de acabamento, para harmonizar com o restante da decoração;

Por exemplo:

Quartos são sempre mais neutros, para trazer tranqüilidade e descanso; Mas um móvel pode sim destacar na decoração, então escolha uma cor que você gosta e use para transformar seu móvel e deixar o ambiente com um toque diferente!

Na imagem de referência a cor escolhida foi o amarelo e que compôs os quadros e deu vida neste ambiente!

Quarto Comoda Amarela

Fonte da imagem: Casa Abril

Cozinha:

Ambiente onde podemos abusar de cores alegres e quentes. Muitas pessoas optam por manter os armários neutros pois o investimento é alto! Mas uma peça versátil como a cômoda pode dar um toque de cor  e ficar super charmoso neste ambiente! Vamos ver na imagem de referência que a composição da cor azul ficou perfeita com o colorido dos azulejos;

Fonte da Imagem: Pinterest/Better Homes

Sala

Ela pode se tornar a vedete da sua sala! Principalmente se este móvel tem um valor sentimental para você, porque que não fazer dela uma peça de destaque?

A cor vai ser determinante neste caso, quanto mais forte e diferente mais destaque ela terá. Neste caso avalie os tons que você e tem na sua sala. Se for tons neutros, podem combinar com varias cores. Mas se na sua sala já existe tons que sobressaem, é importante saber se a cor escolhida para cômoda, é complementar ao restante do ambiente.

Fonte da Imagem: Pinterest

Dica nr. 7 Combinação de Cores;

Como posso fazer para combinar a cor escolhida com minha decoração?

Na tabela de cores abaixo, temos as cores e suas composições é muito legal você prestar atenção de como elas se combinam entre si.

Fonte da Imagem: Pinterest

Pense na cor que mais lhe atraí e combina com você: ela é alegre e vibrante? Ou ela é neutra e elegante?

Embora estamos falando de uma única peça, a cor que você escolher para pintar, vai definir qual o grau de destaque que ela vai ter dentro do ambiente.

Sinergia: as cores que estiverem ao redor, não precisam   combinar totalmente, mas precisam entrar em harmonia e não brigarem entre si.

A cor pode vir acompanhada de outros materiais que vão dar um destaque e personalidade ao seu  móvel são eles:

tecido:

Puxadores

Papel adesivado

Stencil

Agora com todas essas informações e dicas super legais, tenho certeza que ficará mais fácil se aventurar no faça você mesmo!

Enveredar por esse caminho é maravilhoso.

Espero que tenham gostado. Não fiquem com dúvidas, escreva nos comentários e terei o maior prazer em responder!

 

 

Vale a pena reformar um móvel? 7 dicas importantes antes de começar!

2 ideias sobre “Vale a pena reformar um móvel? 7 dicas importantes antes de começar!

  • 04/12/2017 em 13:17
    Permalink

    Ola, Gisele
    Obrigada por compartilhar!
    Dicas super uteis!!!

    Resposta
  • 27/04/2018 em 09:36
    Permalink

    Adorei as dicas !! Sensacional! Obrigada! 😍

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *